Mensagem do Presidente

Estamos lutando, e muito, na defesa, proteção e valorização do Corretor de Seguros. As informações em relação às nossas Comissões e o Cliente Oculto, definidos na Resolução do CNSP n.º 382/20, tem nos preocupado bastante. Estamos buscando formas e alternativas para solução. A luta não é fácil, pois estamos enfrentando resistência forte e poderosa de órgãos e pessoas que precisam ser esclarecidas que não somos seus inimigos. Quanto ao tema Recadastramento pela Susep, temos observado alguns comentários contraditórios em relação às nossas ações e, portanto, consideramos importante informar que ninguém é contra o recadastramento.

A Fenacor e os Sincors são entidades legalmente constituídas e oficialmente representantes dos Corretores de Seguros, independente destes serem sócios ou não. Estamos buscando proteção e segurança para o procedimento tão importante como o recadastramento. Só entendemos que devido à pandemia poderíamos ampliar o prazo para efetivação do recadastramento ou postergá-lo, pois já estamos enfrentando muitos problemas para serem resolvidos ao mesmo tempo. Temos consciência de nossas responsabilidades e, no momento oportuno, vamos solicitar que todos o façam. Tão importante nossa ação que o sistema já melhorou, inclusive passaram a exigir fotos e resolveram muitas questões que estavam gerando pendências.

Hoje, inclusive, constatamos publicação da Portaria n.º 11.304, de 05 de maio de 2020, no Diário Oficial da União, onde a Susep solicitou equipe da BB Tecnologia e Serviços – controlada pelo Banco do Brasil (o que nos preocupa) – para socorrer a Susep. Não confirmamos se essa solicitação de ajuda é para o sistema de recadastramento, mas acreditamos que sim, pois, em testes que fizemos, o mesmo se apresentou muito frágil e suscetível a erros, com acessos livres de terceiros.

Assim, acreditamos que dar mais um tempo para se cadastrar, acarretará mais segurança e estabilidade na ação do registro, tanto para o Corretor como para Seguradoras, que também foram surpreendidas com a decisão e terão que tomar providências devido à alteração do número Susep. Estamos apenas orientando e sugerindo essa postergação para buscar evitar problemas, mas o Corretor tem o livre arbítrio para decidir. Corretores de Seguros, não me canso de falar, temos que ter União para termos força e motivação para a busca de solução conjunta de nossos problemas.

Meu Forte Abraço e à disposição.

Wilsinho Pereira
Presidente Sincor-PR

Posts recomendados