SINCOR-PR e FENACOR cobram esclarecimentos da Generali sobre parceria com associações de proteção veicular

No Paraná, o SINCOR-PR e o SINDSEG-PR/MS têm realizado diversas ações para coibir a atuação das associações que trabalham com venda de garantias veiculares, como se seguradoras fossem. E em mais um capítulo desta história, o SINCOR-PR, e em nível nacional a FENACOR, se depararam com o apoio de uma Seguradora, a Generali Brasil Seguros, a uma dessas associações de proteção veicular, a Aspem Brasil.

A empresa possui escritórios em diversos estados, inclusive no Paraná, onde até já foi denunciada no Ministério Público. “Muito nos preocupa essa guarida que a Generali tem dado a esta associação de proteção veicular”, observa o presidente do SINCOR-PR, José Antonio de Castro, que inclusive já enviou um manifesto por e-mail à seguradora.

No último dia 19 de agosto, a pedido dos SINCOR’s, o presidente da FENACOR, Armando Vergílio, enviou correspondência ao Diretor Presidente da Generali, José Ribeiro de Albuquerque Pedrosa, em que solicita esclarecimentos sobre a parceria entre a seguradora e a Aspem Brasil.

Confira http://www.nota10.com.br/notas/sincor/521/PRESI043GENERALI.pdf a correspondência enviada pela FENACOR e http://www.nota10.com.br/notas/sincor/521/CartaGENERALI.pdf a resposta da Generali.

Posts recomendados